12 julho, 2011

Comer em Barcelona - Parte 2

Agora vamos às dicas especiais de quem, modestamente, já viveu Barcelona.

Para tomar café da manhã há inúmeras opções, a cidade é cheia de padarias e confeitarias, onde se come uma patissaria (croissants, coques, folheados diversos...) de qualidade, pães e cafés. É normal ter um quadro (de giz mesmo) escrito algumas opções de combo, como flauta variada (meia baguete) + café ou croissant + café. Esse é o local mais adequado para observar o funcionamento da vida em Barcelona, quando as pessoas lêem o jornal, conversam com o atendente e comentam a vida.

A minha dica é Forn de Pa Caballol, uma padaria artesanal de uma qualidade incrível, pão quentinho, um chocolate quente inacreditavelmente cremoso e um atendimento pra lá de especial. O pão com grãos, tomate e jamon (parma) é de COMER REZANDO! Fui gentilmente servida todos os dias pela simpática Laura de quem não esqueço nunca.

A unidade que eu visitei fica perto do Camp Nou (o estádio do Barça), portanto, mais afastado do centro da cidade e de locais mais turísticos. Para as viciadas em produtos de cabelo como eu, na mesma rua da padaria há loja com shampoos e máscaras a precinhos amigos.

End: Remei, 27 (Metro: Les Corts - linha 3)
Mas esse endereço é ainda mais perto do Barça: Nubiola Espinós, 42 (Darrera Mercat Les Corts).
Fachada da padaria.

Bocadillo de jamon e tomate
Adooooro cacaolat!
O cardápio (em catalão).
Ao contrário do que eu tinha comentado aqui que as Ramblas não são bacanas para comer, a parte superior é exatamente o contrário... Para quem não sabe, as Ramblas continuam subindo após a Praça da Catalunya, onde ali sim, é uma delícia sentar para um belo almoço! Super indico a Granja "La Catalana", que funciona desde 1900 (acreditem). Há opção de sentar dentro do restaurante ou nas mesinhas nas rambla, onde é infinitamente mais charmoso. Há a opção do menu do dia, composto por primeiro e segundo prato + pão + bebida + sobremesa por €10,45. Ou vá de Paella de marisco por €10,50 a porção individual muuuuito bem servida. Indico ainda o Fideuá, que nada mais é do que a paella elaborada com um macarrão fininho ao invés do arroz. O atendimento nesse local é muito bom, aliando agilidade com simpatia. Eles tem umas cavas (espumante produzido na Espanha) em garrafinhas de 250 mL simplesmente lindas!
Fachada do Granja
Não resisti ao fideuá...rs
Olha que linda essa garrafa!
Agora se você quer conhecer um lugar que vai revolucionar tudo o que você pensava que conhecia sobre comer bem, vá ao El Xampanyet, indicado pelo guia Publifolha como “o melhor lugar para tapas e cava de Barcelona” – O que eu discordo. Esse é o melhor lugar de tapas e cava do mundo!!!

Chegar lá é um pouco complicado, mas permita-se entregar às charmosas ruas de El Born, aproveite para conhecer a bela igraja de Santa Maria Del Mar e você chegará lá. O El Xampanyet foi fundado em 1929 e é lindamente decorado com peças antigas e conquista do Barça. No balcão haviam uns senhores (pareciam todos da mesma família) muito simpáticos que me ofereceram a última mesa do lugar, lá no cantinho perto da cozinha. O local é pequeno, as mesinhas apertada, mas tudo faz parte da magia! Cada pequeno detalhe me conquistou: o papel de pão para enxugar as mãos, a senhorinha na cozinha minúscula a preparar delícias, o atendimento familiar, o freezer de madeira que me lembrou meu a churrascaria do meu avô...

No El Xampanyet na existe cardápio, eles te servem um monte de tapas e você vai repetindo o que te agradou, olhando o que as pessoas nas mesas estão comendo e por aí vai... Chegamos morreeeeendo de fome e posso dizer que foi uma festa comer ali! A cava é deliciosamente leve e as tapas são indescritíveis...

Quando eu não conseguia mais comer nada, o senhor que nos atendia nos trouxe nada menos que tapas de sobremesa: um pratinho com diversos doces e biscoitos com um pequeno cálice de vinho doce ao centro, onde deveríamos mergulhar os docinhos antes de comê-los.

Tudo de COMER REZANDO!!!!

Só fico devendo os preços das tapas, pois me entreguei a esse prazer sem medidas e só tive capacidade de tirar as fotos. Posso adiantar que não é baratinho, mas nada impagável.

End: Montcada, 22

Letreiro na entrada.

Mesa de tapas.
Batata com "alho e oleo"
Cava deliciosa!
Ah, El Born é cheio de confeitarias deliciosas no Carrer da Princesa, mas super indico a famosíssima Escrivá, fundada simplesmente em 1820!... Esse lugar é delicioso, cheio de patissarias lindas e de qualidade. As caixinhas para presente são um pouco caras, levando em conta que tudo lá é artesanal, mas os croissants de chocolate (€1,40) são deliciosos e não vão te levar à falência. Separe um tempinho para parar aí, comer uma coisinha e tomar um café.
Fachada da loja.
Inacreditável, né?
Bolo mais lindo na vitrine.
Descendo mais um pouquinho as Ramblas vocês chega no Mercat Sant Josep, mais conhecido como mercado “La Boquería” – Simplesmente um lugar de sonho para qualquer apreciador do bem comer. São inúmeros stands com produtos de primeira qualidade e para todos os paladares: carnes, embutidos, verduras, frutas, castanhas, doces... Tudo de COMER REZANDO! Mesmo se não for comprar nada, já vale uma visita.
Entrada do mercado.
Uma inacreditável quantidade de doces!
Nozes...
Caixinhas de frutas: boa opção de lanche.
Eu com minhas amoras.
Espero que tenham gostado das minhas aventuras gastronômicas em Barcelona, tenho ainda um post sobre comidas para crianças e depois encerramos a nossa viagem. Adianto que quem quiser dicas da cidade, estou à inteira disposição: onde se hospedar, locais para conhecer, diversão e cultura... Adoro dar dicas de viagem!

Vejam mais dicas de Barcelona aqui e aqui.

4 comentários:

Catarine Heiter disse...

Que pão apetitoso!!!
E esse mercado???? Isso é maravilhoso!!!

Amei o post!!!

Juliana Braga disse...

Obrigada, Catarine!
Foi uma farra essa viagem...rs

Adriana M disse...

Juliana,
mas que viagem mais gostosa,hein!!!
Estou adorando esse passeio por Barcelona!!! Parabéns!!!
Bjs
http://batalhagourmet.blogspot.com

Gourmet e Gourmand disse...

Olá Juliana! Estou impressionada :o Muito bom mesmo. Acho que amanhã embarco:) Um abraço