17 janeiro, 2012

Starbuck

Calmaaaaaaa! Ainda não temos Starbuck aqui em Salvador, mas como essa é uma cafeteria quase que universal ela não pode ficar de fora do nosso blog, certo?
Eu acho que a grande sacada do Starbuck foi investir em personalização dos seus produtos e tornar a marca forte - Qual o filme americano que não aparece algum personagem com um copo da Starbuck na mão?

Starbuck no Sex and the City!
Eu gosto do lugar: do ambiente descontraído, das guloseimas, da preocupação com o meio ambiente, das canequinhas à venda, dos cafés especiais e da qualidade do café.
As fotos desse post eu fiz numa loja da Av. Paulista e espero que vocês se deliciem com o café (pena que a foto não tem cheiro) e com esses bolinhos deliciosos, inlusive os pop cakes, que são a novidade do momento!

Delícia da vitrine!
Pop cakes!
Ah, a minha #DICA DE VIAGEM é que nas lojas Starbuck sempre tem internet wifi e você pode paroveitar para mandar notícia para a família!
E vocês conhecem o Staubuck? O que vocês já provaram de bom por lá?
Acessem e conheçam mais:

6 comentários:

Kathya Stryzak disse...

bom dia..justamente ontem fui em um..adoro..isso é um vicio!!! beijoss

http://modargenta.blogspot.com/2012/01/esmaltes-big-universo-nica-kessler.html

Tania disse...

Eu adoro o Starbucks e o minha guloseima preferida de lá é um bolo de abacaxi, laranja e nozes. Vc conhece? Sou doida para conseguir essa receita! rs..

Bjos
Tania (Avental e Aventuras)

Adriana M disse...

Oi Juliana,
não conheço, mas essa vitrine me deixou curiosa!
Bjs
http://www.batalhagourmet.blogspot.com

Blog daLullu disse...

Perfeito demais!!! Agora recem chegada dos EUA, vi que tinha uma em cada esquina! Super indico a dica!!!

Lu Ramos disse...

Minha dica imperdível é o bolo de limão , que em algumas lojas eles chamam de pão de limão. É fantástico!

Márcio disse...

Um dos grandes achados da rede Starbucks foi, nos EUA, investir em atrativos além da comida e das bebidas, particularmente na área cultural. Bancou, por exemplo, a edição de vários CDs que eram vendidos exclusivamente em suas lojas, o que terminou atraindo para estas um público novo. Brasília, assim como Salvador, ainda não tem um Starbucks. Espero que, quando/se abrirem, não escolham um ponto dentro de shopping, pois isso para mim "mata" uns 50% do astral de um lugar.