10 julho, 2017

Jantar na Embaixada da Coréia


O Sr. Embaixador da República da Coreia (Sul), Sr. Jeong Gwan Lee, abriu as portas de sua residência oficial para receber a imprensa de Brasília com o objetivo de divulgar a cultura desse "pequeno país em território, mas gigante em tradições".
E nada melhor que a boa Gastronomia para unir os povos, não é mesmo? Por isso tivemos um jantar repleto de iguarias coreanas, com cardápio bem diversificado para que conhecêssemos a culinária daquele país.


Os coreanos, assim como demais orientais, consomem bastante arroz, mas o fazem junto com sopas e acompanhamentos bem temperados, inclusive bem apimentados.

As carnes são preparadas de forma que fiquem saborosas e macias - destaque para Jaeyook, carne suína com molho apimentado que estava de comer rezando! Não posso deixar de citar as panquecas coreanas (Jeon) que estavam divinas e o macarrão de batata doce com legumes (Japchae).
As mesas estavam lindamente arrumadas, principalmente louças e talheres que eu tanto adoro. Os famosos pauzinhos da culinária oriental são fabricados em metal e se chamam Jotgarak (pronuncia-se tchocará). Mas eles também utilizam bastante a colher. 


Como o povo coreano já passou por diversas situações de fome, não é educado deixar comida no prato. 
Esse fato acabou gerando uma situação muito engraçada com meu filho Gabriel (meu acompanhante da noite) que comeu Kimchi super apimentado com vergonha de deixar sobras... O resultado foi que ele ficou totalmente vermelho! Eu já conhecia a famosa acelga fermentada e apimentada, mas ele fez questão de provar... rsrs
Ah, não posso deixar de citar os lindos trajes típicos usados pelo embaixador e pela embaixatriz que, por sinal, deu um show de bom humor. 


O saldo da noite foi uma riqueza de detalhes que significam muito quando tentamos nos aproximar de culturas diferentes.

Nenhum comentário: